(Foto: reprodução)

Ataque hacker faz usina ser desativada

19.12.2017

(Foto: reprodução)

(Foto: reprodução)

Um ataque hacker fez uma usina ser desativada. Apesar da infraestrutura dessas instalações já ter sido alvo de cibercriminosos no passado, é a primeira vez que um ataque hacker força a paralisação das atividades da usina.

O acontecimento foi relatado pela empresa de segurança FireEye, que não detalhou local nem tipo de usina envolvido no ataque. Segundo a Reuters, especialistas acreditam que tenha sido no Oriente Médio, provavelmente na Arábia Saudita.

Os hackers usaram um malware chamado Triton para invadir um computador e atingir a infraestrutura da usina. Eles conseguiram mexer nos sistemas e fazer com que a usina fosse desativada.

Os operadores da usina em questão estão fazendo uma investigação para entender o que aconteceu. O Triton é um malware bastante avançado que conseguiu inclusive superar as barreiras impostas pelo software de segurança Triconex, amplamente usado na indústria de energia.

Especialistas de segurança acreditam que os hackers usaram o golpe como forma de reconhecimento de sistema para elaborar um ataque mais amplo que possa danificar o funcionamento da usina em si.

Fonte: Olhar Digital